inomed

História

>> 1991:
Rudi Mattmüller e Dieter Mussler fundaram a inomed Medizintechnik em Freiburg. Desenvolvimento das primeiras sondas de estimulação para estimulação do nervo direto.

>> 1992:
Introdução da unidade de criocirurgia por Spembly para terapia a frio simples contra dor. Desenvolvimento do primeiro cateter de ablação de alta frequência para cirurgia cardíaca. Desenvolvimento das termocânulas de alta frequência para terapia da dor.
Introdução do Neuromonitor Neurosign 100 pela Magstim para ENT e neurocirurgia para monitorar as cordas vocais e nervo facial com acessórios da inomed.

>> 1993:
Desenvolvimento do primeiro sistema NeuroWacs IOM para monitoramento da coluna juntamente com a Universidade de Düsseldorf.
Desenvolvimento das termossondas para intervenções cranianas funcionais.

>> 1994 a 1997:
Desenvolvimento do eletrodo de agulha bipolar para registro de N. recorrente dos músculos vocais.
Desenvolvimento do sistema EWACS IOM com base no Neurosign 100 juntamente com a Universidade Clínica Würzburg.

>> 1997/1998:
Os estimuladores magnéticos foram colocados à venda na França, e depois na Alemanha.
Desenvolvimento do Neuroestimulador NS 60, depois do OSIRIS.
Desenvolvimento do NeuroExplorer – depois do sistema ISIS IOM – cuidando de todos os pedidos para neuromonitoramento em todos os departamentos.

>> 1999 a 2001:
Introdução do neuromonitoramento em cirurgia cardíaca e torácica.
Colaboração com a Mison e venda do Sistema de Navegação Sonowand.
Desenvolvimento do Nervomonitor CLEO juntamente com a Magstim.
Desenvolvimento de microeletrodos
O microeletrodo combinado foi desenvolvido por determinação eletrofisiológica de qualidade do ponto alvo anatômico durante intervenções cranianas funcionais.

>> 2002 a 2004:
O Neuromonitor NeMo é especialmente para cirurgia, ENT e cirurgia vascular.
Novo desenvolvimento do MicroDrive (MD). O MSV permite posicionamento de alta precisão de até 5 eletrodos durante a estimulação profunda do cérebro.
Desenvolvimento do Sistema ISIS MER. O sistema é projetado especialmente para localização alvo por registro extracelular e estimulação de cérebro profunda.

>> 2005 a 2006:
Desenvolvimento do Módulo AEP, um modulo de medição em miniatura com uma porta USB para registro dos potenciais acústicos evocados.
Novos eletrodos de tubo adesivo com uma área de superfície maior para registrar sinais EMG por meio do tubo de ventilação.
Venda do Neuro N50 Lesion Generator pela Stockert GmbH com eletrodos e acessórios da inomed.

>> 2007 a 2008:
Quando utilizado com imagens de tomografia computadorizada, o software de planejamento da inomed (IPS) permite acesso mais fácil aos pacientes durante intervenções estereotáticas.
Módulo Amplificador USB: a mais nova tecnologia de medição para aplicação clínica e científica.
O Cortical OSIRIS foi projetado para estimulação cortical direta durante neurocirurgia.

>> 2009:
O novo Nervomonitor C2 foi desenvolvido especificamente para monitorar o nervo laringeal durante cirurgia de tireoide e o nervo facial durante cirurgia ENT.
Com o eletrodo de estimulação tripolar V3, a inomed desenvolveu um eletrodo que permite monitoramento contínuo dos N. recorrentes por meio do N. Vago.

>> 2010:
Consagração da nova empresa construída em Emmendingen e o centro de seminário ARKANA afiliado com o restaurante público, Kulinarium.

ISIS e PENTERO
O software NeuroExplorer fornece a opção de sobrepor as imagens relevantes da janela de medição no microscópio por meio da interface de navegação no dispositivo OPMI Pentero da Carl Zeiss.

>> 2011: A inomed é homenageada com o renomado prêmio de inovação Dr. Rudolf Eberle de Baden-Württemberg pelo ISIS MER Portable System.

 >> 2011/12: A integração da empresa Walter Graphtek com a Sparte Neurologische Diagnostik amplia o portifólio da inomed com prestígio no mercado, Walter EEG.

 >> 2012: inomed vende a Spembly Dispositivos Criogênicos.

>> 2013: Introdução do C3 CryoSystems para terapia da dor no mercado. O C3 CryoSystem obtém uma interrupção a longo prazo da condução da dor através do congelamento de nervos periféricos.

>> 2013: Prêmio “Top 100“ como uma das mais inovadoras empresas de médio porte da Alemanha.  Este também foi um prêmio pelo bom clima de inovação em empresas de tecnologia média de Emmendingen.

>> 2014: pIOM Registro no mercado de patente na Alemanha da pIOM – tecnologia para o neuro-monitoramento pélvico em intervenções de pequenas áreas, como por exemplo na remoção de câncer do reto.

>> 2015: “Pontapé inicial” da expansão da empresa em uma nova ala, em Emmendingen.

>> 2016: inomed ganha o Prêmio Alemão da Indústria "Industriepreis Medizintechnik 2016" na categoria Tecnologia Médica.